“É uma princesa”

🎈Tem um/a Príncipe/Princesa aí em casa? 🎈

Surpreende que “É UMA PRINCESA” faça parte desta “saga” do “Bullying começa em casa”, não surpreende? 

Não duvido! Hoje em dia, qualquer pessoa que fala para uma criança, especialmente se for menina chama-a de Princesa. E 90% dos pais dizem “Olá Carolina, tenho uma Princesa de 2 anos, ela é perfeita, MAS não dorme, só com companhia, é muito sensível e começou agora com muitas birras…não sabemos mais o que fazer.” 

A concepção que as crianas têm da Realeza, é mesmo aquela pura e dura do snobismo, da hiper-sensibilidade, de ter pessoas a fazer-lhe tudo, do “não me toques que me desafinam” e etc, etc, etc. 

Quando dizemos e as tratamos como uma “Princesa”, elas derretem-se. Adoram, porquê? Porque se sentem lindas e maravilhosas (até uma coroa imaginam nas suas cabecinhas)… e hão-de ver que até envergonhadas ficam… sem jeito. Tal é o tamanho do “elogio”. 

E pronto, assim, sem querer, lá vamos formatando crianças para serem princesas, mas não como a “Xena – a Princesa Guerreira”, que viamos no nosso tempo. Cheia de coragem, força e garra. Agora temos princesas frágeis, com pouca confiança nelas próprias e que vivem à sombra de outras. 

É isto que queremos para eles? É mesmo? 

Se não, a boa notícia é que vos posso ajudar! Tudo é reversível.

CONTEM COMIGO!

FAÇA ACONTECER, AGORA!

MARQUE UMA SESSÃO DE AVALIAÇÃO, É GRÁTIS!
MUDE A SUA VIDA FAMILIAR!

MARCAR SESSÃO GRÁTIS

Psss! Desculpe interromper...

Entre na minha lista para receber ajudas, guias e inspirações.

Li e aceito a política de privacidade

Boa! Subscrição efetuada. Obrigada.