EXCESSO DE ATENÇÃO está a matar-nos: como parar com isto!

atenção excesso chega

Pais, meus amores,

Na sequência do último artigo sobre EXCESSO DE ATENÇÃO.

https://carolinavalequaresma.com/2018/07/13/da-excesso-de-atencao-ao-seu-filho-saiba-aqui

Após mensagens inquietantes de pais, foi impreterível escrever sobre COMO RESOLVER  e/ou EVITAR ESTA QUESTÃO.

A atenção em EXCESSO prejudica tantas famílias no mundo inteiro. Famílias divididas, casais que se desfocam um do outro, identidades que são perdidas, crianças desequilibradas emocionalmente, amizades desconectadas, relações desfeitas. Porque uma criança nasceu! Aquilo que foi uma das melhores notícias que poderíamos ter recebido, é agora razão para termos a vida de cabeça para baixo!

O que poderá aqui ser um grande alívio, pode ser motivo para uma grande frustração, sabem porque? Porque isto tudo fomos/somos NÓS e só NÓS,  que semeamos e NÓS que colhemos.

Está na hora de semear equilíbrio, tranquilidade, relações fortes, consciência, limites e atenção na dose certa, para que a colheita seja composta apenas pelos elementos certos.

Acham que é mais fácil falar do que fazer, não é?

Mas se eu estou aqui a escrever sobre isto e acredito que vocês são capazes de começar a aplicar e a mudar a forma como vivem. E ATENÇÃO! Eu não vos conheço! Mas já vi tantas e tantas famílias a conseguir.

Como podem vocês não ACREDITAREM E CONFIAREM – em vocês próprios –  que também conseguem? É um bom tema para o próximo artigo, não acham? 🙂 Vou já começar a pensar nisso!

CONFIANÇA! Confiança é tudo e é uma das maiores e melhores bases num relacionamento e não é só com a confiança no marido… é confiança em nós!

Arregaçar as mangas, vamos lá!

  1. Evitar a superprotecção: estar sempre lá a evitar que caia, que se magoe, que se constipe – deixe viver e explorar, lembre-se que cair faz parte do crescimento, sujar também.
  2. Encoraje a explorar sem os nossos olhares e mãos em cima – isto é essencial para o desenvolvimento.
  3. Ensine-a a esperar: não tenha pressas em tirá-la da cadeirinha depois de almoço, para que não fique entediada, deixe-a na caminha depois de acordar por uns minutos, se estiver a ter uma conversa seja com quem for, ensine-a, por exemplo, ir lá a pegar na sua mão (para saber que ela tem alguma coisa a dizer) e aguardar a sua vez de falar. Não deixe conversas a meio.
  4. Vejam o que VOS interessa na TV. A TV não é sequer aconselhada para eles, porque é que agora só se vê bonecos lá em casa? Vejam os vossos programas. Só lhes faz bem perceber que o resto do Mundo também existe.
  5. Estejam na sala, tenham conversas de adultos, olhem para eles mas de lado, sem que eles percebam.
  6. Não comentem coisas sobre eles com outros adultos, constantemente. Mesmo que não pareça, eles estão a ouvir tudo e é atenção, atenção, atenção para os seus ouvidos.
  7. Não liguem quando utilizam de gritos para chamar a atenção.
  8. Tenham a noção que o excesso de atenção não é bom para ninguém.
  9. Tenham vontade própria, mostrem-na e levem-na a avante – evitem que os programas sejam feitos em função deles.
  10. Não digam “desde que ele nasceu nunca mais fiz isto que gostava tanto!”, digam antes “eu nunca mais quis fazer aquilo porque já não me apetece”. Se ainda apetecer, não foi culpa dele que vocês não fazem, a haver culpados aqui são só vocês.
  11. Façam uma lista de afazeres, actividades que queiram retomar, que seja importante para vocês e vamos lá CONCRETIZAR! Desfoquem a atenção que lhes dão para vocês. Olhem mais para vocês. Invistam tempo no espelho, se for preciso – (re)conheçam-se!
  12. Não troquem as fotos de casal em casa, pelas deles, nem a do wallpaper do telemóvel. Se trocarem, troquem por uma em família, com todos juntos.
  13. Não tirem SÓ fotografias a eles.
  14. Não se anulem como casal nem como indivíduos, não se esqueçam nunca disto!
  15. Estejam seguros.
  16. Confiem em vocês.

O EXCESSO DE ATENÇÃO é dos factores que mais pode perturbar uma criança, deixando-a emocionalmente desequilibrada, assim como, a toda a família. Normalmente, quando o foco de atenção está em excesso em alguma coisa ou pessoa, está a desfocar-se noutras.

PAIS PRIMEIRO – mantenham aqui o foco e a vossa atenção… sem vocês bem, que é feito deles?

Contem comigo, HOJE E SEMPRE. Esse é o meu trabalho, mais do que isso, a minha missão. Não hesite em contactar-me: http://me.carolinavalequaresma.com/sweet-dreams
Espero que vos tenha ajudado. Partilhem e dêem-me o vosso feedback. As vossas opiniões e sugestões são muito importantes para mim e merecem toda a minha ATENÇÃO. 🙂 
Beijinho enorme do tamanho do Mundo,
Carolina ♥

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s